Filiação da UMP-BA

UNMP
CMP

Usuários On-line

Temos 5 visitantes on-line
Início seta Eventos e mobilizações seta OCUPAÇÃO DO TERRENO DE ESTRADA VELHA DO AEROPORTO
OCUPAÇÃO DO TERRENO DE ESTRADA VELHA DO AEROPORTO PDF Imprimir E-mail
Escrito por MARLI   
29-Mar-2008
UMP-BAHIA, MSTS e MOVIMENTO 2 DE JULHO OCUPAM TERRENO EM SALVADOR
No dia de hoje, 29 de março de 2008, dia em que se comemora a fundação de Salvador, 150 famílias  cadastradas no Programa Crédito Solidário, desde 2004, filiadas à UMP-BA-União Por Moradia Popular-Bahia, ao MSTS - Movimento Sem Teto de Salvador e ao MOVIMENTO 2 DE JULHO, filiadas à CMP-Central de Movimentos Populares, ocuparam terreno de 61 mil m2, no KM 10 da Estrada Velha do Aeroporto, em Salvador-Bahia.
A área, que foi apresentada desde 2004, para o Programa Crédito Solidário, foi ocupada pois o proprietário ao final do processo de mais de 3 anos de negociação e, tendo o projeto pronto e aprovado, com 312 famílias cadastradas através da Associação de Moradores de Cajazeiras XI, usou e abusou da USURA. Durante este período o preço do terreno foi sendo majorado de tal forma que, no início deste ano se tornou impraticável a implantação do projeto, apesar da garantia da seleção do empreendimento de mais de R$ 5 milhões de reais do Governo Federal(recursos do Fundo de Desenvolvimento Social-FDS) e de mais R$ 1.500 mil reais do Governo Estadual( recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza), administrado pela SEDUR- Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano.
O ato de ocupação é plenamente justificável, pois as famílias viram seus sonhos desfeitos, sonhos esses que foram acalentados durante todo esse tempo. Além disso, investiram financeiramente na confecção dos projetos arquitetônicos, engenharia, projeto social, além de resolver várias questões pendentes do proprietário e do terreno, para a viabilização do projeto.
Várias e intermináveis reuniões foram feitas, inclusive com mediação da CEF tentando garantir que o ´projeto fosse mantido, mas o proprietário, ao final, manteve-se irredutível, terminando pela majoração de mais de 30% do preço inicial.
REIVINDICAMOS AOS ÓRGÃOS DO GOVERNO FEDERAL E DO GOVERNO DO ESTADO QUE PROCEDAM AO INÍCIO DO PROCESSO DE DESAPROPRIAÇÃO, PARA GARANTIR O DIREITO À MORADIA DAS 312 FAMÍLIAS.
~REFORMA URBANA JÁ !!!!
UMP-BAHIA  - Sérgio Bulcão - 9122-3410
MSTS           -Idelmário - 8175-1501
Atualizado em ( 26-Ago-2008 )
 
< Anterior   Próximo >

Agenda

« < Novembro 2017 > »
D Sg T Q Q Se
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2

Próximas datas

Nenhum evento
© 2017 UNIÃO por Moradia Popular Bahia: autogestão e reforma urbana
JoomlaClube - Comunidade do Joomla no Brasil
Joomla! é um software livre disponibilizado sob licença GNU/GPL.